0

22 de setembro - Dia da Conscientização do Transtorno de Desenvolvimento da Linguagem

Pouco conhecido pelos profissionais que atuam com a criança, esse transtorno causa dificuldades no desenvolvimento da fala, que podem trazer consequências para toda a vida. Por isso, observar e detectar qualquer sintoma precocemente ajuda no tratamento.

A matéria saiu no site do EBC e achei importante compartilhá-la, já que é um tema pouco divulgado.
A criança com DEL ou TDL apresenta um desempenho em comunicação abaixo do esperado para sua idade. Embora brinque e interaja normalmente, a linguagem não acompanha a evolução prevista para a fase em que se encontra no desenvolvimento. O diagnóstico do distúrbio normalmente acontece pela exclusão de outros problemas, como deficiência auditiva, intelectual ou autismo.

O que os especialistas sabem é que o DEL tem origem genética e pode ser potencializado pelos aspectos ambientais, interferindo na organização da arquitetura cerebral responsável pelo processamento das informações linguísticas.
O que são os transtornos do desenvolvimento da linguagem?

Os TDL’s também conhecido como disfasia é a dificuldade que uma criança ter em desenvolver a fala e a linguagem quando ela não tem qualquer limitação de audição, função cognitiva e não possui nenhum problema neurológico.

Quais os sintomas dos transtornos de desenvolvimento de linguagem?

O ser humano tem contato com nossa linguagem desde o segundo bimestre de gravidez quando seu ouvido já esta desenvolvido e ao nascer esse aprendizado evolui com a criança falando algumas palavras ao um ano de idade e reconhecendo seu nome .

Aos cinco anos de idade a criança já formou a base para se comunicar como: sintaxe, fonologia, semântica e pragmática e já possui habilidades como: vocabulário extenso, linguagem legível, capacidade de formar frases completas e contar historias bem estruturadas, é capaz de entender perguntas, compreendem os conceitos de espaço e tempo, capacidade de manter contato visual durante uma conversa e já associa o sons das letras aos seus símbolos escritos. Cada pessoa tem o seu tempo para aprendizagem mas quando aos 7 anos a criança apresenta alguma discrepância significativa nesse processo de aprendizagem é preciso verificar o motivo.

Às vezes os profissionais não indicam aos pais um especialista, por considerarem que esse atraso faz parte do desenvolvimento da criança. No entanto, se ela, após os dois anos de idade, não se comunicar por palavras a maior parte das vezes, ou demorar para formular frases, vale a pena a avaliação de um fonoaudiólogo.

Maiores informações agende uma consulta!!!www.leandrafono.blogspot.com.br
@ leandrafono@yahoo.com.br
(43) 3622-1311
Whats 43 998097999

0 comentários:

Postar um comentário

Vem comigo!

A Divulgação da Fonoaudiologia!

AVISO

Este Blog é uma central de compartilhamento de informações, notícias, trabalhos científicos e arquivos. Sendo seu objetivo principal a interação entre fonoaudiólogos ou estudantes de fonoaudiologia e áreas correlacionadas, sendo assim sua participação é sempre de extrema importância. Além das informações e orientações sobre Fonoaudiologia e áreas correlacionadas, estarão disponíveis materiais terapêuticos, sendo que as autorias sempre serão respeitadas. O fornecimento dos Download visa suprir a dificuldade de acesso e aquisição de materiais em nossas áreas de atuação, porem jamais fazendo apologia a pirataria. Assim deixo um pedido: Caso possam adquirir as obras nas livrarias, compre-as, contribuindo assim com os autores e com o movimento da máquina científica. As publicações de minha autoria que estão sendo disponibilizadas podem ser utilizadas de forma livre pelos visitantes, peço apenas que divulguem a fonte e autoria do material.
“As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento ao Odontopediatra, Ortopedia Funcional dos Maxilares, Ortodontia,Fonoaudiologia, Nutrição, Psicologia, Pediatria e outros especialistas”